sábado, 21 de janeiro de 2012

CRAS realiza primeira semana do deficiente físico em Paraisópolis

            No dia três de dezembro é comemorado o dia internacional do deficiente físico. O CRAS (Centro de Referência em Assistência Social) organizou uma série de eventos desenvolvidos para homenagear pessoas portadoras de deficiência.
Tratar de deficiência torna-se contraditório. Em nosso dicionário consta como significado dessa palavra o termo ausência. Mas ausência de quê? Não é porque falta uma peça, que se deixa de trabalhar. Portanto durante os eventos o termo utilizado foi: D + eficiente, sabiamente descrito em um poema de Gilberto Fernandes Teixeira
A semana começou no dia três com exposição de trabalhos de pacientes da Saúde Mental e de alunos da APAE com distribuição de pipoca e algodão. A semana contou também com uma passeata com as crianças da APAE, da E.M. Bueno de Paiva e pacientes da  Saúde Mental. A psicóloga Lauren Moureaux realizou uma palestra definida como ‘proveitosa e enriquecedora’ pela coordenadora Mara Bernardes. Houve ainda interação entre pacientes da Saúde Mental que participaram de uma descontraída gincana na APAE. A semana de atividades foi encerrada no dia nove com a homenagem para seis pessoas que representaram milhares de outros cidadãos. O fechamento aconteceu na Escola Municipal ‘Bueno de Paiva’, seguida de um coquetel.
            Mara acredita que a semana tenha sido proveitosa, mas questiona alguns pontos: "o que nos entristece é que os mais interessados não participam", argumenta.

2 comentários:

Metalurgia das letras disse...

Carla! É com muita alegria que fico sabendo desta maravilhosa notícia, aproveito para desejar a todos uma semana cheia de realizações e de muitas alegrias. Parabéns por este seu blog (coluna). Um grande abraço de todo o Norte de Minas aos jovens do CRAS. "Jesus é o Senhor"

Carla Barbosa disse...

Olá! Nossa fiquei muito feliz com seu post! Muito obrigada mesmo! =D Fique com Deus.

Postar um comentário